ABA encerra 2018 com atuação contínua e novos projetos

Associação Beneficente dos Funcionários do Grupo Allianz encerra 2018 com atuação contínua e novos projetos para a Comunidade Santa Rita

Atividades de formação para pessoas em situação de vulnerabilidade já apoiou 6 mil crianças, adolescentes e adultos oferecendo educação complementar e capacitação para o mercado de trabalho

Muito antes dos projetos de responsabilidade social entrarem na agenda das empresas aqui no país, a Allianz já se empenhava em apoiar comunidades em situação de vulnerabilidade social. Foi assim que nasceu a ABA – Associação Beneficente dos Funcionários do Grupo Allianz, que em 2018 completou 24 anos de atividade.

Ela chegou à Comunidade Santa Rita, no bairro Cangaíba, zona Leste de São Paulo, com a missão de ajudar a gerar oportunidades de crescimento pessoal e social por meio da educação para crianças e adolescentes. “A ABA faz parte da nossa cultura organizacional. É um dos projetos mais importantes da companhia que, por meio da solidariedade, une a seguradora a toda sua rede de relacionamento: colaboradores, corretores, parceiros e fornecedores. Juntos, nós procuramos ampliar as escolhas de vida dos jovens que frequentam a instituição”, diz Eduard Folch, presidente da Allianz Seguros no Brasil.

Desde sua criação, a ABA já atendeu mais de seis mil crianças e adolescentes da comunidade e planeja, para os próximos anos, ampliar sua atuação tecnológica, com a implantação do Centro Digital para Crianças e Adolescentes.

As atividades socioeducativas tornaram-se a essência da ABA, atendendo crianças e adolescentes em horário alternado ao da escola e com tarefas diferentes das aplicadas lá. “Eu não queria frequentar a ABA por achar que não teria novidades em relação à escola. Mas, minha mãe insistiu. E ainda bem que eu vim”, conta Carolina da Silva Castro, de 10 anos, que está na instituição desde os quatro. “Aqui, eu aprendi a analisar melhor as situações e tomar as decisões sabendo o que é bom e não é”, conclui a menina.

A Associação tem como foco pilares de autoconhecimento, aumento do repertório de informação, cultura, artes, além do desenvolvimento de competências para o mundo globalizado e o mercado de trabalho. “Entendemos que a oferta de oportunidades no campo educacional e a valorização da cultura não são privilégios, mas sim um direito à cidadania. A ABA, portanto, promove entre os frequentadores cidadania e inclusão”, analisa Rose Oliveira, diretora da Associação Beneficente dos Funcionários do Grupo Allianz.

Com o andar das atividades e o passar dos anos, a ABA tornou-se parte importante da trajetória da comunidade. Para apoiar os moradores em suas diferentes fases, a instituição criou três núcleos de trabalho por faixa etária, sendo o Núcleo Infantil de Expressão Artística Vida Nova (4 a 6 anos), o Núcleo de Convivência Socioeducativa Vida Nova (7 a 15 anos) e o Núcleo de Inovação Digital Vida Nova (12 anos a 16 anos e 11 meses).

Mas entendendo que seu compromisso e apoio deveria ser contínuo, a ABA desenvolveu programas de formação para ajudar os moradores também na inserção no mercado de trabalho. Nascia o ‘Programa de Desenvolvimento Estudantil e Profissional’ que em parcerias com organizações de capacitação e emprego, como o CIEE – Centro de Integração Empresa Escola, passou a oferecer aulas de preparação pessoal, orientações para participar de processos seletivos, informações de mercado e também cuidados com a imagem, postura e formas de comunicação, incluindo aulas de texto e gramática. “Entendemos que temos caráter estratégico na evolução dessas vidas que passam por nós e, por isso, realizamos projetos que possam oferecer mais condições e preparo deles para o ingresso no mundo corporativo”, pontua Rose.

As atividades socioeducativas da ABA não eram só realizadas no interior desses grupos, como também em projetos que foram além dos muros da sede e iniciativas de capacitação voltadas aos adultos e à terceira idade. “Sempre buscamos incluir toda a família nas atividades. Isso porque acreditamos que a infância e adolescência quando vivenciada em ambiente adequado, refletem em experiências educativas seguras, afetivas e estimulantes, capazes de promover mudanças”, comenta Rose. Em 2000, a instituição também abriu as portas da para adultos e a terceira idade, oferecendo aulas de informática.

Nesses 24 anos, a Associação incorporou as mais atuais práticas de educação incluindo pilates, meditação, linguagem digital e tecnologias para preparar a comunidade para os desafios atuais. Hoje, a ABA já recebe a segunda geração de assistidos. São filhos de pais e mães que frequentaram a Associação no início dos programas e agora estendem as oportunidades a eles.

Histórico de atuação

1994 – Fundação da ABA

1996 – Implantação do Núcleo de Alfabetização de Adultos

1999 – Implantação do Núcleo de Convivência

2000 – Implantação do Programa de Informática para Adultos

2007 – Implantação do Programa de Desenvolvimento Estudantil e Profissional

2012 – Implantação do Núcleo Infantil de Expressão Artística

2013 – Implantação do Programa de Desenvolvimento Socioemocional

Shares Share

Se você gostou desse projeto, compartilhe.